Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Principal tribunal da Venezuela suspende resultados das primárias presidenciais da oposição

    Revogação das prévias eleitorais quebra acordo entre oposição e governo e cria a possibilidade de os Estados Unidos restabelecerem sanções a Caracas

    Mayela ArmasVivian Sequerada Reuters

    em Caracas

    O Supremo Tribunal de Justiça da Venezuela afirmou, nesta segunda-feira (30), que suspendeu os resultados das primárias presidenciais da oposição realizadas há uma semana, apesar de um acordo eleitoral entre governo e oposição que permite que cada lado escolha seu candidato presidencial de acordo com regras internas.

    A decisão pode irritar os Estados Unidos, que este mês reverteram algumas sanções em troca do acordo eleitoral.

    O Departamento de Estado norte-americano já disse que restabelecerá as sanções se o governo do presidente Nicolás Maduro não suspender as proibições a alguns candidatos da oposição e não libertar os presos políticos e os norte-americanos “detidos injustamente”, até o final de novembro.