Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Renda de filé, usada por Pitel na final do BBB24, é patrimônio cultural; entenda

    Vestido é assinado pelo estilista Ellysson Ferreira; confira as fotos do look

    Renda de filé, usada em look de Pitel, é patrimônio cultural de Alagoas
    Renda de filé, usada em look de Pitel, é patrimônio cultural de Alagoas Reprodução/Giovanna Pitel/Instagram

    Caroline Ferreirada CNN

    São Paulo

    Na noite da última terça-feira (16), Giovanna Pitel compartilhou os detalhes do visual eleito para a grande final do BBB 24.

    Para homenagear sua terra natal, a assistente social alagoana surgiu com um vestido feito em renda de filé – considerado patrimônio cultural imaterial de Alagoas.

    “Representatividade! Eu venho de Alagoas, terra do Filé, renda que virou patrimônio imaterial e cultural de Alagoas. Eu venho do Vergel do Lago, bairro conhecido por estar às margens da Lagoa Mundaú e pelo comércio da pesca do sururu”, disse ela na publicação.

    A peça foi assinada pelo estilista Ellysson Ferreira, apostando nas tradições artesanais locais.

    Bordado de look de Pitel é considerado patrimônio cultural imaterial de Alagoas
    Bordado de look de Pitel é considerado patrimônio cultural imaterial de Alagoas / Reprodução/Giovanna Pitel/Instagram

    “Um look todo de filé, criado e feito pelas mãos talentosas do meu amigo de infância, Elysson Ferreira, que cresceu comigo no Vergel. Da rua do banheiro para o mundo”, acrescentou.

    Caprichando nos acessórios, Pitel também esteve acompanhada de joias com referências ao fundo do mar, desenhadas e produzidas por Endy Mesquita, artista alagoana.

    Acessórios usados pela ex-BBB foram desenhados e produzidos por uma artista alagoana / Reprodução/Giovanna Pitel/Instagram

    Mas afinal, o que é filé?

    Na dinâmica do artesanato, o filé é um tipo de bordado feito sob uma malha semelhante à rede de pesca, de acordo com as informações do Ministério da Cultura.

    A técnica, passada de geração em geração em comunidades pesqueiras, também foi vista no desfile de Catarina Mina, estreante na SPFW N57, que exaltou as artesãs cearenses em sua apresentação na temporada de moda nacional.

    Na produção, as rendeiras, também conhecidas como filezeiras, costumam usar linhas coloridas para expressar a ancestralidade de diferentes comunidades locais, destacando os saberes, fazeres e as detentoras do conhecimento.

    Em 2014, o filé foi registrado como Patrimônio Cultural Imaterial de Alagoas diante de sua singularidade e representatividade ancestral. A ideia do reconhecimento é preservar a história do estado.