Encontro de Lula e FHC, doação de vacinas e mais da noite de 21 de maio

5 Fatos Noite, apresentado por Carol Nogueira, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo
21 de maio de 2021 às 19:54

O encontro dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso, a decisão do STF de manter o concurso da Polícia Federal e a doação de 100 milhões de doses de vacina anunciada pela União Europeia estão entre os destaques do 5 Fatos Noite desta sexta-feira, 21 de maio de 2021.

Encontro de Lula e FHC

Os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Fernando Henrique Cardoso se reuniram para falar sobre a atuação do governo Bolsonaro na pandemia. Após o encontro, FHC reforçou que irá apoiar a candidatura de um futuro nome do PSDB para as eleições de 2022. Em nota, o PSDB afirmou que o encontro ajuda a derrotar Bolsonaro, mas não faz bem a um potencial candidato do partido. 

Indicar remédio sem comprovação pode virar crime

O presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz (PSD-AM), protocolou um projeto de lei para criminalizar a prescrição de medicamentos sem comprovação científica. A proposta é vista como uma resposta à recomendação de remédios ineficazes contra a Covid-19.

Concurso da PF

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para manter a prova do concurso da Polícia Federal. Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Marco Aurélio, Cármen Lúcia, Luiz Fux e Nunes Marques votaram a favor da realização do exame no domingo (23). O ministro Fachin votou pela suspensão do concurso.

Queiroga em SP

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, visitou uma fábrica veterinária, na região de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, para a produção de vacinas contra a Covid-19. No final do mês passado, o Senado aprovou um projeto de lei que diz que as indústrias farmacêuticas veterinárias podem produzir imunizantes contra a doença, seguindo protocolos e orientações sanitárias.

Doação de vacinas

A União Europeia vai doar pelo menos 100 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 para países pobres, até o final do ano. O anúncio foi feito pela presidente da comissão europeia, Ursula van der Leyen. A chefe do bloco também prometeu 1 bilhão de euros para a construção de fábricas de vacina na África.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br 

(Publicado por Daniel Fernandes)