Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ação da Cidadania prepara doações de alimentos para os Yanomami

    Ação emergencial é articulada pela organização em parceria com o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS)

    Primeiras cestas básicas chegam em terras Yanomami em Roraima
    Primeiras cestas básicas chegam em terras Yanomami em Roraima Ministério da Saúde

    Leandro Resendeda CNN

    A ONG Ação da Cidadania, referência há décadas no combate à fome no Brasil, começa nesta segunda-feira (23) a entregar 10 toneladas de alimentos aos indígenas Yanomami em Roraima. É uma ação emergencial, articulada pela organização em parceria com o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS).

    As cestas foram montadas neste domingo (22), em Boa Vista, capital de Roraima, e se juntam a outras 85 toneladas de alimentos que o Ministério pretende arrecadar e distribuir emergencialmente no território Yanomami.

    Fundada pelo sociólogo Hebert de Souza, o Betinho, a Ação da Cidanania é uma das principais entidades de combate à fome do país e atua desde 1993. A entidade planeja, após o envio emergencial de comida, a criação de uma campanha de auxílio permanente aos Yanomami.

    O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), viajou neste sábado (21) para Roraima, onde visitou indígenas Yanomami. Após a visita, Lula  afirmou que deve levar médicos para a aldeia para atender os indígenas nas comunidades.

    “Eu disse para a ministra que a saúde deve ir lá na aldeia e não esperar que eles venham aqui na cidade. Uma das formas para resolver isso é que a gente monte plantão da saúde nas aldeias”, afirmou o presidente.

    A ministra da Saúde, Nísia Trindade, classificou a situação dos indígenas como uma emergência sanitária e confirmou que deve mandar médicos para a aldeia na segunda-feira (23).