Belo Horizonte libera público em estádios; capacidade máxima deve ser de 30%

A nova medida passa a valer a partir desta quinta-feira (29)

Torcida do Atlético-MG comemora título da Libertadores 2013
Torcida do Atlético-MG comemora título da Libertadores 2013 Foto: Wagner Meier/AGIF Fotojornalismo

Renato Barcellos, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A prefeitura de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, anunciou nesta terça-feira (27) a liberação do público em estádios de futebol desde que o limite de 30% de ocupação seja respeitado. As partidas devem ser disputadas com torcida única, apenas com fãs da equipe mandante.

A nova medida passa a valer a partir desta quinta-feira (29).

Torcedores que quiserem acompanhar os jogos presencialmente deverão apresentar um teste RT-PCR ou teste rápido com antecedência máxima de 72 horas. Não haverá transporte público para os estádios para evitar aglomerações.

Também visando não criar aglomerações, a venda de ingressos será exclusiva pela internet. De acordo com o secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado, nome e telefone de todos os compradores deverão ser fornecidos para que a SMS faça rastreamento em casos positivos.

Machado também orientou que grávidas não devem comparecer aos jogos. O uso de máscaras será obrigatório, assim como o distanciamento social entre os torcedores.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), porém, ainda não liberou o retorno dos fãs aos estádios. Dessa forma, a flexibilização deve valer apenas para torneios organizados pela Conmebol, como a Copa Libertadores da América.

Mais Recentes da CNN