Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cachoeira é fechada por risco de desabamento de rochas em MG

    Prefeitura de Conceição do Mato Dentro, interior de Minas Gerais, interditou a cachoeira por tempo indeterminado

    Cachoeira inderditada por risco de desabamento em MG
    Cachoeira inderditada por risco de desabamento em MG Cláudio Yoshinaga

    Daniela Mallmannda CNN

    Belo Horizonte

    A Cachoeira do Tabuleiro, localizada dentro da Unidade de Conservação Parque Natural Municipal do Tabuleiro, foi fechada pela Prefeitura de Conceição do Mato Dentro por risco de desabamento de rochas em sua estrutura. A cachoeira, que é a maior e uma das mais famosas cachoeiras do Minas Gerais, ficará fechada por tempo indeterminado. A interdição, anunciada no início da semana, ocorreu após vistorias e levantamentos técnicos que apontaram para o risco potencial de deslocamento de rochas.

    Anúncio de interdição feito pela Prefeitura / Reprodução/Redes Sociais

    Em nota, a Prefeitura informou ainda que a visitação na parte alta da cachoeira será mantida, respeitando as condições climáticas no local. Não há previsão de fechamento da área, a não ser que seja constatado risco ao visitante. Já o poço da cachoeira do Tabuleiro, que fica na parte baixa, passou por uma interdição de emergência e ficará fechado tanto para para visitação como banhos. A administração vai fazer intervenções em áreas de potencial deslocamento de rochas.

    Local exato onde estão as rochas com risco de desabamento / Cláudio Yoshinaga

    “Vale destacar que o ambiente geológico natural da cachoeira do Tabuleiro tem processos de movimentos gravitacionais de massa complexos, intensos, dinâmicos e com evolução quase que diária. Assim que o atrativo for liberado será feita a comunicação por meio dos canais da prefeitura.”

    Ponto Turístico

    A Cachoeira do Tabuleiro tem 273 metros de altura e é considerada a mais alta do estado. Localizada na 175km da capital, Belo Horizonte, o local tem uma visitação anual de cerca de 7 mil turistas. O local compõe uma trilha de 33 km, uma das travessias mais famosas do país e que atrai muitos ecoturistas. A trilha é considerada de grau médio de dificuldade, composta por caminhos leves até escaladas acidentadas, picos, campos rupestres, cachoeiras e matas de galerias. A Cachoeira do Tabueleiro proporciona aos turistas uma vista panorâmica para toda a Serra do Cipó. A cachoeira já foi premiada a mais bonita do Brasil por duas vezes e está na lista das “7 Maravilhas da Estrada Real”.