Cláudio Castro liga a Aras e promete transparência sobre operação policial no RJ

PGR quer entender se a ação da polícia do Rio de Janeiro feriu a determinação do STF que veta operações em comunidades durante a pandemia

Por Pedro Duran, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

 

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, ligou para o procurador-geral da República, Augusto Aras, e disse que vai enviar todas as informações que foram solicitadas sobre a operação da Polícia Civil do Rio de Janeiro na comunidade do Jacarezinho, na Zona Norte, que resultou na morte de pelo menos 25 pessoas.

A ligação durou alguns minutos e aconteceu no início da noite desta sexta-feira (6), depois de a PGR solicitar oficialmente explicações de Castro.

A PGR quer entender se a ação da polícia do Rio de Janeiro feriu a determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) que veta operações em comunidades durante a pandemia do coronavírus.
A decisão do ministro Edson Fachin referendada pelo plenário determina que apenas casos excepcionais sejam autorizados, condiciona o uso de helicópteros a reações violentas dos bandidos e determina que o Ministério Público do Estado seja informado sobre a ação.

Castro tem conversado com membros da cúpula da segurança pública do Rio para entender o contexto e os impactos da operação no Jacarezinho.

Posse do governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (01/05/2021)
Posse do governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro
Foto: Thiago Lontra

Mais Recentes da CNN