Com público menor, Réveillon em Copacabana tem 50% menos lixo

Virada teve 167 toneladas de resíduos coletados; em 2019, número foi o dobro

Funcionários recolhem lixo em Copacabana
Funcionários recolhem lixo em Copacabana Divulgação/Comlurb

Beatriz PuenteCristina Frazãoda CNN

Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) do Rio de Janeiro coletou 167 toneladas de resíduos em Copacabana, zona Sul da cidade, após a tradicional virada de ano. Por conta do baixo movimento na orla para assistir aos fogos, a quantidade de lixo recolhida foi cerca de 50% menor do que a média histórica dos outros Réveillons no bairro.

Em 2019, última vez em que a comemoração ocorreu antes da pandemia, foram contabilizadas 340 toneladas de resíduos.

Em todos os dez pontos de queima de fogos de artifício espalhados pela cidade, foram coletados, ao todo, 320 toneladas de lixo. A média dos anos anteriores nesses pontos era de 750 toneladas.

O trabalho dos mais de 4 mil garis acabou mais cedo do que nos outros anos, às 9h. Após a lavagem da pista da Avenida Atlântica, a via foi reaberta ao trânsito nesta manhã (1º).

Na noite do Réveillon, nos três postos médicos montados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS-Rio) na orla de Copacabana, foram atendidas 111 pessoas. A maioria delas sofreu pequenos traumas (como pancadas e cortes) ou passou mal devido à excessiva ingestão de bebidas alcoólicas.

Onze pacientes com quadros mais graves precisaram ser transferidos para hospitais ou UPAs da rede, entre eles dois homens jovens com ferimentos por arma branca. Eles foram removidos para os hospitais municipais Souza Aguiar e Miguel Couto, receberam os cuidados indicados e tiveram alta.

Fotos – Veja imagens do Réveillon pelo Brasil

Os três postos de vacinação contra a Covid-19 imunizaram 370 pessoas com a primeira, segunda ou dose de reforço. Os pontos funcionaram do meio-dia às 17h no dia 31.

Além disso, sete homens foram presos e dois adolescentes apreendidos em diversas ocorrências registradas pelo comando do 19ºBPM em Copacabana, durante a noite de sexta-feira (31) e madrugada deste sábado (1º), nas comemorações do Réveillon.

Já a Secretaria de Ordem Pública (SEOP) desmobilizou na tarde de sexta-feira (31/12) dois eventos clandestinos que aconteceriam na Praia do Arpoador, Zona Sul, e nas areias da Praia de Copacabana.

Mais Recentes da CNN