Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Estudante de 19 anos morre por parada cardiorrespiratória ao engasgar com lanche

    A mato-grossense Jeniffer da Silva Moreira estudava direito e estava noiva

    Jeniffer da Silva Moreira, morta aos 19 anos, em publicação numa rede social
    Jeniffer da Silva Moreira, morta aos 19 anos, em publicação numa rede social Divulgação / Redes sociais

    Letícia Cassianoda CNN*

    São Paulo

    Uma jovem de 19 anos, Jeniffer da Silva Moreira, morreu na última segunda-feira (18), em Alta Floresta, no interior de Mato Grosso, após engasgar com um lanche.

    Na noite de domingo (17), a estudante de Direito da Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat) sofreu um engasgo em casa e foi levada desacordada ao Hospital Regional de Alta Floresta Albert Sabin, mesmo hospital onde nasceu.

    Na manhã seguinte, Jeniffer sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu por morte encefálica.

    A estudante deixa o noivo, de 23 anos, com quem se casaria em breve, a mãe e duas irmãs.

    Em nota de pesar, a universidade em que ela estudava decretou luto oficial de três dias no Campus Universitário de Alta Floresta, com suspensão total das atividades até quarta-feira (20).

    O corpo da jovem foi sepultado às 15 horas desta terça-feira (19), no Cemitério Jardim da Saudade, em Alta Floresta.

    *Sob supervisão de Marcos Rosendo