Flordelis tem até a noite desta quinta para colocar a tornozeleira eletrônica

Caso a deputada não se apresente à Justiça, a defesa vai ter que justificar o não cumprimento da ordem no prazo fixado

Paula Martini e Elis Barreto, da CNN no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

A deputada federal Flordelis (PSD-RJ) tem até a noite desta quinta-feira (8) para se apresentar à Secretaria Estadual de Administração Penitenciária e colocar a tornozeleira eletrônica. A parlamentar foi intimada às 19 horas desta terça-feira, na casa dela em Niterói, na Região Metropolitana do Rio. A Justiça deu um prazo de até 48 horas para que a medida seja cumprida.

A defesa havia informado que a parlamentar iria se apresentar na última quarta (7), o que não aconteceu.
Caso Flordelis não se apresente à Justiça no prazo de 48 horas, a defesa vai ter que justificar o não cumprimento da ordem no prazo fixado.

Leia também:
Em relatório sigiloso enviado à Câmara, MP do Rio sugere nepotismo de Flordelis

Flordelis
Deputada federal Flordelis (PSD), acusada de envolvimento na morte do marido
Foto: Reprodução/Facebook (Flordelis)

No dia 18 de setembro, a juíza Nearis dos Santos Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, aceitou um pedido do Ministério Público e determinou que a deputada usasse tornozeleira.  Flordelis também terá que cumprir recolhimento noturno domiciliar, das 23h às 6h.

Desde então foram diversas tentativas de intimação de Flordelis para que ela cumpra as medidas cautelares impostas. Tanto no endereço, em Niterói, quanto no funcional, em Brasília.

Na semana passada, a juíza Nearis dos Santos determinou que a medida fosse cumprida até fora do expediente judicial e autorizou o uso de força policial, caso necessário.

A parlamentar é acusada de ser mandante do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho do ano passado.

Mais Recentes da CNN