Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Inmet alerta para grande perigo por onda de calor no Sul e Sudeste nesta segunda-feira (18)

    Aviso para onda de calor sufocante se iniciou no sábado (16) e vai até às 18h desta segunda

    Onda de calor pelo Brasil
    Onda de calor pelo Brasil Pixabay

    Da CNN

    Segue vigente nesta segunda-feira (18), o alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), para estados do Sul e Sudeste, de “grande perigo” por conta onda de calor que atinge as regiões.

    O aviso para onda de calor sufocante se iniciou no sábado (16) e vai até às 18h desta segunda. São afetados todo o norte do estado do Paraná, e quase a totalidade dos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. (confira abaixo as áreas ameaçadas).

    Segundo o instituto, há risco à saúde humana por consequência do fenômeno. A única instrução é o contato com a defesa civil.

    Áreas afetadas por calor intenso:

    Norte Pioneiro Paranaense, Presidente Prudente, São José do Rio Preto, Leste de Mato Grosso do Sul, Bauru, Piracicaba, Ribeirão Preto, Araçatuba, Noroeste Paranaense, Marília, Norte Central Paranaense, Sudoeste de Mato Grosso do Sul, Araraquara, Pantanais Sul Mato-grossense, Itapetininga, Assis, Centro Norte de Mato Grosso do Sul, Metropolitana de Curitiba, Centro Oriental Paranaense, Campinas.

    Áreas afetadas por calor intenso de 16/03 a 18/03
    Áreas afetadas por calor intenso de 16/03 a 18/03 / Reprodução/Inmet

    O Inmet também prevê uma nova onda de tempestades no Sul do País, especialmente no Rio Grande do Sul, até a próxima quarta-feira (20), com pancadas de chuva e rajadas de vento acima dos 70 quilômetros por hora (km/h), além da possibilidade de granizo.

    As chuvas serão provocadas por novas áreas de instabilidade que se deslocam da fronteira do Uruguai.

    Relatório divulgado pelo órgão aponta que os acumulados de chuva nos próximos dias podem superar os 200 milímetros (mm) em áreas do centro e centro-oeste do Estado, e acima dos 100 mm nas demais regiões e entre Santa Catarina e o Paraná.

    De acordo com o Inmet, a partir de quarta-feira, uma frente fria deve reforçar as áreas de chuva e uma massa de ar frio pode provocar o declínio nas temperaturas, especialmente ao longo da quinta-feira (21).

    FOTOS – País registra altas temperaturas durante onda de calor sufocante