Mãe de menino Miguel é contratada de prefeitura em PE; TCE vai investigar

Mirtes Renata Santana de Souza é mãe de Miguel, que morreu ao cair de prédio de luxo em Recife; a patroa da Mirtes é mulher de prefeito de Tamandaré (PE)

Flávia Martins e Gabriel Ferneda

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia
 

A mãe de Miguel Otávio Santana da Silva, que morreu ao cair do 9° andar de um condomínio de Recife, está na lista de servidores públicos da prefeitura de Tamandaré (localizada a cerca de 100 km de Recife) desde 2017. 

O Tribunal de Contas do Estado informou que vai instaurar uma auditoria especial para a contratação de Mirtes Renata Santana de Souza junto à Prefeitura de Tamandaré e que, caso seja constatada a veracidade dos fatos, o gestor poderá responder por crime de responsabilidade e infração político-administrativa.
 
Miguel, de 5 anos, caiu do 9º andar de um prédio em condomínio de luxo no Recife. A polícia do Recife investiga a conduta de uma mulher presa em flagrante por homicídio culposo (sem intenção de matar). O prazo para concluir a investigação é de 30 dias, a depender das apurações.

Leia também:

Justiça para Miguel: Manifestantes homenageiam garoto que morreu em prédio com ato em Recife

A mulher, Sarí Corte Real, é mulher do prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker Corte Real (PSB). Sarí pagou R$ 20 mil em fiança para responder ao inquérito em liberdade. Ela é patroa da mãe do garoto, Mirtes Renata Souza, que trabalhava como empregada doméstica na casa da família.

A nota do Tribunal de Contas do Estado diz ainda que, “na existência de pagamentos por serviços não prestados, as pessoas envolvidas deverão ser chamadas a devolver a quantia recebida. Neste caso específico, o prefeito poderá responder solidariamente, ou seja, terá que também ressarcir os cofres públicos”. 

O TCE disse que está apurando também sobre outros servidores que poderiam estar na condição de fantasmas.

A CNN entrou em contato com o advogado de Sarí, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

A reportagem também telefonou para os números da prefeitura de Tamandaré disponíveis no site oficial, mas as ligações não foram atendidas.

O garoto Miguel morreu após cair de prédio em Recife
O garoto Miguel Otávio Santana da Silva, de 5 anos, morreu após cair do nono andar de um prédio conhecido como “Torres Gêmeas” no bairro São José, em Recife
Foto: Reprodução/Facebook

 

Tópicos

Mais Recentes da CNN