Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Enem 2023: questão repetida sobre gripe H1N1 é anulada, diz MEC

    Inep identificou que tópico já havia sido utilizado anteriormente na prova de reaplicação do exame de 2010

    Da CNN

    O Ministério da Educação (MEC) anunciou na noite deste domingo (12) que anulou uma questão do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023 sobre a gripe H1N1. O segundo dia de provas foi realizado hoje e teve taxa de abstenção de 32%. No primeiro dia, o percentual foi de 28,1%.

    A justificativa apresentada foi a de que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) identificou que a questão já havia sido utilizada anteriormente, na prova de reaplicação do exame de 2010.

    Apesar disso, uma outra questão repetida da mesma prova não será anulada. A questão, que trata da diferença cultural de povos e que já havia aparecido em uma prova de vestibular da Universidade Estadual de Goiás, será mantida.

    A negativa da anulação nesse segundo caso se deu porque a questão trata de um tipo específico de avaliação que precisa ser feito para o estudante do ensino médio, argumentou Manuel Palácios, presidente do Inep.

    O ministro da Educação, Camilo Santana, disse que foi identificado novamente um vazamento de partes da prova, assim como no primeiro dia de aplicação, no domingo passado (5).

    A Polícia Federal já foi acionada para investigar o vazamento. Além disso, as autoridades disseram que a PF ouviu neste domingo oito suspeitos da vazamento da semana passada.

    Reaplicação e onda de calor

    O MEC informou ainda que se, eventualmente, algum estudante passou mal durante a aplicação da prova e precisou deixar a sala de prova neste domingo por causa do calor, essa pessoa poderá solicitar a reaplicação do exame.

    A solicitação deve ser feita entre os dias 13 e 17. A reaplicação será realizada nos dias 12 e 13 de dezembro.

    *Publicado por Pedro Jordão. Com informações de Pedro Teixeira