Morte de idosos na pandemia pode representar a entrada de famílias na pobreza

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A pandemia do novo coronavírus está provocando a morte precoce de milhares de idosos — grupo mais vulnerável à doença — e tem o potencial de baixar a expectativa de vida no Brasil. Além da imensurável perda humana, essas mortes representam um sério risco para as famílias já vulneráveis que sofrem com o desemprego e as consequências econômicas da crise desencadeada pelo vírus. Isso porque em quase 13 milhões de lares brasileiros, é a renda dos idosos que sustenta famílias inteiras.  

Neste episódio do E Tem Mais, Evandro Cini fala sobre a morte dos idosos na pandemia e como ela pode, de acordo com pesquisa do Ipea, colocar ainda mais famílias na pobreza. Quem o acompanha na conversa é José Silvestre, diretor adjunto do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Leia e assista também:

Fiocruz e Saúde estudam aplicação de dose única da vacina de Oxford

Pfizer diz que ofereceu proposta para Brasil comprar vacinas em agosto

Contrato do governo com Butantan prevê 8,7 milhões de doses em janeiro

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

5 Fatos

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

(Publicado por Amauri Arrais)

E Tem Mais
O podcast E Tem Mais, episódios de segunda a sexta
Foto: CNN Brasil

Mais Recentes da CNN