Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Mulher ré por homofobia é presa após atropelar homem em São Paulo

    Jaqueline Santos Ludovico apresentava falas contraditórias e sinais de embriaguez, segundo a SSP

    Rafael VillarroelThomaz Coelhoda CNN* São Paulo - SP

    Uma mulher, identificada como Jaqueline Santos Ludovico, foi presa em flagrante após atropelar um homem, de 32 anos, na madrugada de sexta-feira (14), na Zona Oeste de São Paulo (SP).  De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Jaqueline atingiu a vítima enquanto conduzia um Honda/HR-V vermelho.  No mês de fevereiro, Jaqueline praticou, junto com outra mulher, homofobia contra um casal de homens em uma pradaria.  Ela foi denunciada pelo Ministério Público no final de abril e a justiça de São Paulo aceitou a denúncia em maio. 

    Ainda de acordo com a SSP, o homem atropelado foi socorrido ao Hospital São Camilo de Santana.  A mulher teria deixado o local e retornado posteriormente sem o veículo, apresentando falas contraditórias e sinais de embriaguez.  Ela foi encaminhada ao 91º DP (Ceasa), o caso foi registrado como lesão corporal culposa na direção de veículo, fuga de local de acidente e embriaguez ao volante. A CNN tenta contato com a defesa de Jaqueline sobre o ocorrido.