Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    No Lucro CNN

    No Lucro CNN #22: Luciana Gimenez revela que se arrepende de não ter comprado mais ações da Apple

    No 22º episódio do podcast No Lucro CNN, a apresentadora falou sobre carreira, viagens, dinheiro e investimentos

    Diana Ribeiroda CNN Brasil Soft

    São Paulo

    Luciana Gimenez começou a trabalhar como modelo aos 13 anos e seguiu na profissão por quase 20 anos, estrelando grandes campanhas e morando em diversos países. No começo dos anos 2000, no entanto, decidiu retornar ao Brasil e aceitar o convite para apresentar um programa de TV.

    Convidada do 22º episódio do podcast No Lucro CNN, projeto do CNN Brasil Soft, a apresentadora falou sobre a carreira e os investimentos. Na conversa descontraída comandada por Leandro Munhós, Luciana também contou sobre as dificuldades financeiras que já passou e revelou se tem, de fato, o apartamento mais caro do Brasil.

    Investiu pouco e se arrependeu

    Ao No Lucro, Luciana falou do lado investidora que poucos conhecem. A apresentadora contou que é conservadora com os investimentos, mas que arriscou no passado e se arrependeu de não ter comprado mais ações da Apple.

    “Eu fiquei 20, 30 anos com essas ações, elas subiram muito. Se eu tivesse comprado mais com o dinheiro que eu tinha, hoje eu não estava aqui falando, eu já estava morando lá em Mônaco”, brincou

    Gimenez contou que aos 23 anos, depois de usar pela 1ª vez o computador da Apple, decidiu que queria comprar ações da empresa. Foi até o banco e disse ao gerente que investiria todo o seu dinheiro na empresa de computadores – cerca de US$ 30 mil – mas o funcionário a impediu de realização a operação. Luciana investiu US$ 1.000, mas hoje se arrepende.

    “A ação da Apple custava US$ 19, eu nunca mais me esqueci. De lá pra cá, ela subiu muito. Já me fizeram uma conta e, se eu tivesse investido todo dinheiro, eu teria ganhado cerca de US$ 10 milhões. Era uma coisa ridícula”, contou.

    Podcast No Lucro CNN

    O podcast No Lucro está disponível em vídeo no Youtube de CNN Brasil Soft e nas principais plataformas de áudio, com episódios novos todas as quintas-feiras, a partir das 19h. O perfil “No Lucro CNN” está no ar também no Instagram, no Twitter e no TikTok.

    Fugindo da linguagem técnica e dos jargões da área de economia, chamados popularmente de “economês”, o programa não ficará restrito aos especialistas, já que vai receber também celebridades, influencers e pessoas que estão por trás de negócios de sucesso nas mais diversas áreas. A ideia é mostrar diversos pontos de vista sobre empreendedorismo, finanças pessoais, gestão, investimentos e economia.

    O videocast faz parte da plataforma “No Lucro by CNN Soft”, lançada em março, fruto de uma parceria estratégica da CNN Brasil com o Banco Santander.