Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PF cumpre novos mandados de busca em casa de desembargadores e servidores do TJ-PA

    Polícia Federal investiga existência de rachadinha e de loteamento de cargos

    Peritos da Polícia Federal examinam materiais apreendidos em operação no Pará
    Peritos da Polícia Federal examinam materiais apreendidos em operação no Pará Divulgação

    Vianey Bentesda CNN

    Em Brasília

    Ouvir notícia

    A Polícia Federal (PF) cumpre nesta sexta feira (5) 12 mandados de busca e apreensão na segunda fase da operação Quem Indica no Pará.

    Nessa nova etapa, os policiais fazem buscas em endereços residenciais e funcionais de desembargadores e servidores do Tribunal de Justiça do Pará (TJ-PA).

    Os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Integrantes da Procuradoria-Geral da República (PGR) acompanharam as buscas.

    Na quinta (4), durante as buscas, a PF apreendeu documentos que, segundo os policiais, demonstrariam o tamanho do loteamento dos cargos comissionados com os apadrinhados dos magistrados do TJ-PA em diversos setores do Executivo Estadual.

    A PF encontrou comprovantes de pagamentos e extratos bancários que indicariam uso de uma conta pessoal de um servidor para pagamento de contas de magistrado, na chamada rachadinha.

    Após a análise do material, a PF pediu a extensão dos mandados de busca e apreensão a novos investigados, devido ao possível risco de desaparecimento de provas.

    As investigações na operação Quem Indica devem continuar, mas os nomes dos envolvidos não foram divulgados.

    Mais Recentes da CNN