Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia prende condenado por estupro que usava identidade de homem morto no RS

    Criminoso de 53 anos estava foragido desde 2019

    Agente e viatura da PRF
    Agente e viatura da PRF CNN

    Gabriele Kogada CNN

    em São Paulo

    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu, na quarta-feira (31), um homem de 53 anos com um mandado de prisão em aberto após usar documento de outra pessoa em Porto Alegre.

    Segundo a investigação, a PRF descobriu o verdadeiro nome do criminoso e que ele foi condenado a 18 anos de prisão por estupro de vulnerável. Ele estava foragido desde 2019. Além disso, já havia passagens na polícia por crime sexual.

    O homem foi encontrado após ser abordado em um carro na BR-290 e apresentar uma carteira de identidade falsa. O documento pertencia a um homem que morreu em 2017.