Preço dos combustíveis, vacinas sem intervalo e mais da noite de 27 de setembro

5 Fatos Noite repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O anúncio da Petrobras de que não haverá mudança na política de preços dos combustíveis da empresa, a fala de Paulo Guedes de que o Auxílio Brasil exige cooperação dos Poderes e a mudança no intervalo para aplicação de vacinas contra gripe e a Covid-19 são alguns dos destaques da noite desta segunda-feira, 27 de setembro.

Preço dos combustíveis

O presidente da Petrobras afirmou que não haverá mudança na política de preços dos combustíveis da empresa. Silva e Luna disse que o momento é “quase uma tempestade perfeita”, já que coincidem fatores como a pandemia, a crise hídrica e a alta das commodities.

Auxílio Brasil

Paulo Guedes afirmou que o reforço do Auxílio Brasil exige a cooperação dos Poderes. Segundo o ministro da Economia, não irão faltar recursos para os mais vulneráveis, mas dentro da responsabilidade fiscal.

Vacinas sem intervalo

O Ministério da Saúde vai eliminar o intervalo entre as vacinas da gripe e da Covid-19. Segundo o secretário-executivo da pasta, Rodrigo Cruz, estudos comprovaram a segurança da nova estratégia.

5G

A Anatel publicou a versão final do edital do leilão das faixas do 5G. Companhias interessadas podem começar a enviar a documentação a partir do dia 27 de outubro. A análise e o julgamento de propostas de preço está prevista para o dia 4 de novembro.

Joe Biden

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, recebeu a dose de reforço da vacina contra a Covid-19. O centro de controle e prevenção de doenças americano autorizou uma terceira aplicação da Pfizer para maiores de 65 anos. Biden, por ter 78 anos, se enquadra no grupo.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Publicado por Daniel Fernandes)

Mais Recentes da CNN