Prefeito de Duque de Caxias está internado com suspeita de coronavírus

15 mortes foram confirmadas até a sexta-feira na cidade da Baixada Fluminense

O prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis
O prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis Foto: Prefeitura de Duque de Caxias

Leandro Resende e Elis Barreto

Da CNN, no Rio

Ouvir notícia

O prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (MDB), está internado em um hospital da capital fluminense com suspeita de coronavírus. A cidade da Baixada Fluminense é a segunda em que mais foram registrados mortes no estado do Rio: 15 confirmadas até a sexta-feira (10). A taxa de mortalidade da doença no município é de 24,19%, com 62 casos confirmados. Caxias é a quinta cidade do estado do Rio em número de casos confirmados da doença.
 
De acordo com a nota divulgada pela prefeitura, Washington Reis está com um forte resfriado desde a quarta-feira (8). Ele testou negativo para coronavírus em dois testes, mas os sintomas persistiram e ele se internou na madrugada deste sábado (11) para realizar exames. O estado de saúde dele é considerado estável.
 
Washington Reis causou polêmica nas redes sociais ao aparecer em um vídeo defendendo que as igrejas evangélicas de Duque de Caxias ficassem abertas porque “a cura viria delas”. Nas imagens, gravadas no fim de março, o prefeito aparece ao lado da secretária de Desenvolvimento Econômico, Agricultura, Abastecimento e Pesca, a vereadora Leide, do Republicanos.
 
“A nossa orientação desde a primeira hora foi manter as igrejas abertas, porque a cura virá de lá, dos pés do Senhor”, declarou Washington Reis no vídeo. 

Caxias confirmou o primeiro caso de coronavírus no dia 23 de março. Mas só após a confirmação da primeira morte na cidade, ocorrido no dia 3 de abril, que a prefeitura determinou que as pessoas ficassem em casa e a suspensão por 15 dias de serviços como funcionamento de shoppings, academias, cinema e do comércio em geral. Pelo decreto do prefeito, restaurantes e lanchonetes ainda podem funcionar em Duque de Caxias, desde que a capacidade dos locais seja mantida em 30%.

Em contato por mensagem com a CNN, Washington Reis confirmou que está internado e que está fazendo uso da hidroxicloroquina. De acordo com o protocolo do Ministério da Saúde, a substância pode ser administrada em caso de pacientes com coronavírus em estado grave.

Mais Recentes da CNN