Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    SP tem maior quantidade de motoristas com exame toxicológico pendente

    No estado, 335.822 condutores precisam regularizar a situação. Teste é obrigatório para condutores das categorias C, D e E

    14,70% do total de motoristas registrados em São Paulo nas categorias para as quais o teste é obrigatório
    14,70% do total de motoristas registrados em São Paulo nas categorias para as quais o teste é obrigatório Reprodução: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

    Guilherme Gamada CNN*

    São Paulo

    No Brasil, 1.162.000 de condutores das categorias C, D e E estão com o exame toxicológico vencido por mais de 30 dias, de acordo com o levantamento do Ministério dos Transportes, divulgado nesta terça-feira (30). O teste é obrigatório para as categorias e foi prorrogado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

    São Paulo concentra o maior número de motoristas que ainda precisam realizar o teste. No estado, 335.822 condutores ainda não tinham se submetido ao exame em 26 de janeiro, prazo inicial. O número corresponde a 14,70% do total de motoristas registrados no estado nas categorias para as quais o teste é obrigatório.

    Quando se leva em consideração o percentual de motoristas na região, São Paulo fica em sexto lugar no ranking nacional, atrás de Acre, Amazonas, Maranhão, Paraíba e Piauí.

    Novos prazos para regularização do exame

    De acordo com a pasta, os períodos de regularização levarão em conta o mês de validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH):

    • Condutores com validade da CNH entre janeiro e junho terão até 31 de março para realizar o exame toxicológico.
    • Condutores com validade da CNH entre julho e dezembro terão até 30 de abril para realizar o exame toxicológico.

    Com a medida, motoristas flagrados dirigindo veículos das categorias C, D ou E com o exame toxicológico vencido por mais de 30 dias serão multados a partir de 1º de maio, caso a validade da CNH expire entre janeiro e junho.

    Para quem a CNH expira entre julho e dezembro, as multas começam a ser aplicadas a partir de 31 de maio. A penalidade de multa para as infrações previstas na Lei 14.599/2024 – a que estabelece a obrigatoriedade do teste – é de natureza gravíssima (cinco vezes) no valor de R$ 1.467,35 e resulta em perda de sete pontos na CNH.

    *(Com informações do Ministério dos Transportes)