SP vai prorrogar restrições até dia 30 e deve ampliar ocupação das escolas

A ampliação na capacidade de ocupação das escolas será anunciada na próxima semana

Governador de São Paulo, João Doria (PSDB) durante coletiva no Palácio dos Bandeirantes (31.mar.2021)
Governador de São Paulo, João Doria (PSDB) durante coletiva no Palácio dos Bandeirantes (31.mar.2021) Foto: CNN Brasil

Tainá Falcão e Rafaela Lara, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

O governo do estado de São Paulo, por meio do Centro de Contingência contra a Covid-19, decidiu nesta quarta-feira (9) prorrogar a fase de transição do Plano São Paulo, que terminaria no dia 14. 

Com a prorrogação, essa fase vai até 30 de junho. A chamada fase de transição permite que comércios, serviços, bares e restaurantes funcionem com ocupação de 40% da capacidade até às 21h.

Para os próximos dez dias, o Centro de Contingência prevê aumento de 2 mil novas internações no estado, conforme antecipado pela CNN. Na coletiva de imprensa desta quarta-feira (9), o coordenador-executivo do Centro de Contingência de SP, João Gabbardo, afirmou que o momento é de preocupação.

“O centro de contingência vê com preocupação o momento que estamos vivendo na pandemia com manutenção de casos, elevação ainda que pequena do número de internações, e, por isso, recomendou a manutenção dessa fase de transição por mais 2 semanas”, disse.

A reportagem da CNN apurou que, na próxima semana, o governo também deverá anunciar mudanças nas regras para educação. Atualmente, escolas podem receber 35% do total de matriculados. A nova regra permitirá 35% da capacidade máxima de ocupação.

“Proteger os profissionais continua sendo muito importante. Isso impacta no ambiente escolar. Vamos avançar nos próximos meses no aumento de alunos dentro das nossas escolas.  Com a comissão médica, o que vai ser sugerida é a mudança do percentual  de matrículas que hoje, é de 35%, para a capacidade física ocupação, explicou em entrevista à CNN o secretário da Educação, Rossieli Soares.

Mais cedo, Doria anunciou antecipação da vacinação de profissionais da educação de julho para a próxima sexta-feira (11). Serão 363 mil educadores vacinados nesta etapa.

Mais Recentes da CNN