Bolsas dos EUA fecham em baixa após perdas de Cisco e Apple

Índice S&P 500 fechou em queda de 0,58%, a 3.900,79 pontos. O Dow Jones caiu 0,75%, a 31.253,13 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuou 0,26%, a 11.388,50 pontos.

Placa em frente à Bolsa de Valores de Nova York sinaliza Wall Street
Placa em frente à Bolsa de Valores de Nova York sinaliza Wall Street 16/04/2021REUTERS/Carlo Allegri

Amruta Khandekarda Reuters

Ouvir notícia

Wall Street encerrou em baixa após uma sessão volátil nesta quinta-feira (19), com um declínio da Cisco Systems depois que a empresa divulgou uma perspectiva pessimista, enquanto investidores se mostraram preocupados com a inflação e o aumento das taxas de juros.

O índice S&P 500 fechou em queda de 0,58%, a 3.900,79 pontos. O Dow Jones caiu 0,75%, a 31.253,13 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuou 0,26%, a 11.388,50 pontos.

As ações da Cisco caíram 13,7% depois que a fabricante de equipamentos de rede reduziu suas perspectivas de crescimento de receita em 2022, acusando o impacto da sua saída da Rússia e da escassez de componentes relacionada aos lockdowns contra a Covid-19 na China.

O índice de bens de consumo básicos do S&P 500 cedeu 2% para seu nível mais baixo desde dezembro, com as empresas de varejo sofrendo o abalo do impacto do aumento dos preços que prejudica o poder de compra dos consumidores dos Estados Unidos.

O S&P 500 recuou cerca de 18% em relação ao seu recorde de fechamento alcançado em 3 de janeiro, conforme investidores se ajustam à inflação elevada, incerteza geopolítica decorrente da guerra na Ucrânia e aperto das condições financeiras com o aumento dos juros por parte do banco central dos EUA.

 

Mais Recentes da CNN