À CNN, Bolsonaro diz que não trata de nenhum assunto com Mourão

Mourão disse que Jair Bolsonaro espera saber se houve voto falso, ou não, nas eleições norte-americanas para, então, cumprimentar o presidente eleito

Leandro Magalhães, da CNN, em Brasília

Ouvir notícia

 

O presidente da República desmentiu a declaração do vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB), de que ele, Jair Bolsonaro, vá esperar o fim do imbróglio criado por Donald Trump para dar os cumprimentos do Brasil ao presidente eleito nos Estados Unidos, Joe Biden. A declaração de Bolsonaro foi dada nesta segunda-feira (9) à CNN.

“O que ele [Hamilton Mourão] falou sobre os Estados Unidos é opinião dele. Eu nunca conversei com o Mourão sobre assuntos dos Estados Unidos, como não tenho falado sobre qualquer outro assunto com ele”, ressaltou.

Leia também:
Bolsonaro cumprimentará novo presidente dos EUA ‘na hora certa’, afirma Mourão
Ex-embaixador do Brasil nos EUA explica como fica a relação diplomática com vitória de Biden
Trump indica candidato derrotado ao Senado para acompanhar recontagem na Geórgia
‘Denúncias’ sobre votos em nome de mortos viralizaram nos EUA; a CNN checou

O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia em Brasília
O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia em Brasília
Foto: Adriano Machado/Reuters (19.out.2020)

Hamilton Mourão foi o primeiro integrante do governo a falar sobre as eleições norte-americanas. Nesta segunda, em conversa com jornalistas na entrada da vice-presidência, Mourão disse que Jair Bolsonaro espera saber se houve voto falso, ou não, nas eleições norte-americanas para, então, cumprimentar o presidente eleito.

“Eu aguardo o posicionamento do presidente da República (…). Acho que o presidente está aguardando terminar esse imbrógli. Discussão se tem voto falso ou não tem voto falso. Eu acho que é óbvio que o presidente na hora certa vai transmitir os cumprimentos do Brasil a quem for eleito. E vamos aguardar. É uma questão prudente, espero… Acho que nessa semana define as coisas que estão pendentes, e a coisa volta ao normal, e a gente se prepara  para o novo relacionamento que tem que ser estabelecido”, afirmou Mourão.

 

 

Mais Recentes da CNN