Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    À CNN, vice-presidente do Senado diz que Torres seria um dos primeiros a depor em CPI

    Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) afirmou que o ex-secretário da Segurança Pública do DF deve explicações à Justiça

    Basília Rodriguesda CNN

    em Brasília

    O vice-presidente do Senado, Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), afirmo à CNN nesta quinta-feira (19) que o ex-secretário da Segurança Pública do Distrito Federal Anderson Torres seria um dos primeiros a depor na CPI dos ataques criminosos de 8 de janeiro, caso ela seja instalada.

    Com a ausência de Rodrigo Pacheco (PSD-MG), que estava de férias, Veneziano representou o Senado nos momentos seguintes aos atos de 8 de janeiro, em Brasília.

    “A resposta dada pelo presidente Lula, pelo Congresso Nacional e pelo Supremo Tribunal Federal (STF) aos ataques do dia 8 foi fundamental e indispensável para transmitir ao povo brasileiro segurança e estabilidade”, avaliou o senador.

    “Não há como defender a postura da Secretaria da Segurança Pública do DF e de seu ex-secretário. Houve participação dolosa. Anderson Torres deve explicações à Justiça”, argumentou Veneziano.

    “A decisão sobre a abertura de uma CPI para apurar os ataques em Brasília caberá ao Senado e é possível que Rodrigo Pacheco discuta a instalação caso seja reconduzido ao cargo de presidente da Casa”, acrescentou.

    Veja a íntegra da entrevista no vídeo acima.

    (Publicado por Lucas Schroeder)