“Acredito que atos serão pacíficos”, diz governador do MT sobre 7 de setembro

Mauro Mendes também vetou a participação de PMs do estado na manifestação

Da CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN, o governador do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), afirmou acreditar e esperar que os atos programados para o dia 7 de setembro sejam “pacíficos”. No entanto, ele não negou que o país vive um momento de tensão.

“Lamento que nesse momento esteja se estabelecendo um clima de confronto”, afirmou.

Outro ponto abordado por Mendes em relação aos protestos é a participação da Polícia Militar (PM). “A legislação é muito clara no nosso estado de que os policiais militares são vedados a participar de manifestações de caráter político”, explicou.

Nesta quinta-feira (2), Mendes esteve presente na reunião que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), teve com governadores em Brasília. Ao lado de representantes do Fórum Nacional de Governadores, Pacheco afirmou que “não se negocia a democracia”.

Crise institucional

O governador do Mato Grosso também disse que não vê risco para a democracia mesmo com a tensão institucional. “É um país maduro, com e uma sociedade maduras”, disse.

“Não acredito que o Brasil corra risco de ter retrocesso.”

(Publicado por Evandro Furoni)

Mais Recentes da CNN