Garcia: Presidente apenas faz campanha para que se tenha segurança no voto

No quadro Liberdade de Opinião desta terça-feira (3), o jornalista avaliou a abertura de dois inquéritos contra o presidente Bolsonaro no TSE

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

No quadro Liberdade de Opinião desta terça-feira (3), Alexandre Garcia avaliou a abertura de dois inquéritos contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O TSE aprovou, por unanimidade, duas medidas contra Bolsonaro, após os ataques ao sistema eleitoral e ameaças à realização das eleições em 2022.

Os ministros aprovaram a instauração de um inquérito administrativo contra o presidente e, ainda, pediram para incluí-lo no inquérito das fake news que tramita no Supremo. O relator desse inquérito é o ministro Alexandre de Moraes. Fontes consultadas pelo analista da CNN, Caio Junqueira, afirmam que os inquéritos podem acarretar impugnação ao eventual registro de candidatura em 2022 e gerar inelegibilidade do presidente.

“Isso é liberdade de opinião, está no artigo 5º da Constituição Federal. O que o presidente está fazendo é uma campanha para que se tenha segurança no voto. Apenas isso. É aquela história da tranca na porta: não se quer trocar a porta, muito menos trocar a casa, é apenas trocar a tranca. E a gente desconfia quando as pessoas falam pra não colocar tranca na porta”, argumentou o jornalista.

O Liberdade de Opinião tem a participação de Alexandre Garcia e Fernando Molica. O quadro vai ao ar diariamente na CNN.

Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Alexandre Garcia no quadro Liberdade de Opinião
Foto: CNN Brasil (03.ago.2021)

As opiniões expressas nesta publicação não refletem, necessariamente, o posicionamento da CNN ou seus funcionários.

Mais Recentes da CNN