Comandantes das Forças aguardarão reunião com Braga Netto para decidir se ficam

Edson Pujol (Exército), Antonio Carlos Moretti (Aeronáutica) e Ilques Barbosa (Marinha) querem ouvir o que novo ministro da Defesa tem a dizer

Caio Junqueirada CNN

Ouvir notícia

Os comandantes das três forças decidiram na noite desta segunda-feira aguardar uma reunião que terão com o novo ministro da Defesa, Walter Braga Netto, para decidirem se entregam ou não os cargos.

Os comandantes Edson Pujol (Exército), Antonio Carlos Moretti (Aeronáutica) e Ilques Barbosa Júnior (Marinha) avaliaram que não seria correto entregar os cargos antes de ouvir o novo ministro. O encontro entre eles ocorrerá na manhã desta terça-feira.

A chance de saírem, porém, está na mesa.  Eles querem avaliar como se dará o estreitamento da relação entre as Forças e o Palácio do Planalto, principal motivo da demissão de Fernando Azevedo, como mostrou a CNN.

Walter Braga Netto
O ministro-chefe da Casa Civil, general Walter Braga Netto
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

 

O incômodo com a demissão é grande porque as forças têm o receito de que haja uma demanda por um alinhamento político das tropas com Bolsonaro, o que é rejeitado por todas elas. Por isso que a reunião será determinante para que eles decidam se permanecerão nos seus postos sob o comando de Braga Netto.

Mais Recentes da CNN