Deputado levará à CPI emails trocados com a Saúde sobre Covaxin

Outros servidores da pasta, além do irmão do deputado federal Luis Miranda (DEM-DF), teriam tido acesso aos detalhes da compra da vacina

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) levará à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia na sexta-feira (24) e-mails acessados por outros servidores do Ministério da Saúde, além do irmão dele, Luis Ricardo, a respeito das suspeitas da compra da vacina Covaxin. As informações são da âncora da CNN Daniela Lima. 

Até então, as mensagens documentadas foram exibidas apenas por meio da conversa do deputado com um assessor do Palácio do Planalto pelo WhatsApp. Na estratégia traçada com aliados, Miranda também foi orientado a organizar todos os documentos que envolvem às denúncias para apresentar à comissão.

Outro conselho oferecido ao deputado para rebater críticas de aliados do governo federal é de afirmar que, até antes de levantar às acusações de corrupção, ele era um frequentador da casa do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).

Publicado por Guilherme Venaglia

Mais Recentes da CNN