Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Diplomação dos eleitos do DF será transferida devido às manifestações bolsonaristas

    O evento estava previsto para ocorrer no teatro do QG do Exército, como nas eleições passadas, mas devido aos atos a favor de Bolsonaro o local foi alterado

    Manifestantes se reúnem em frente ao QG do Exército em Brasília - 02/11/2022
    Manifestantes se reúnem em frente ao QG do Exército em Brasília - 02/11/2022 Valter Campanato/Agência Brasil

    João RosaJulliana Lopesda CNN em Brasília

    O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) informou, neste sábado (26), que a cerimônia de diplomação dos deputados distritais, federais, senador e governador eleitos pelo Distrito Federal ocorrerá no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, devido a manifestações bolsonaristas.

    Anteriormente, a cerimônia estava prevista para ocorrer no teatro Pedro Calmon, que fica no Quartel General do Exército, no Setor Militar Urbano de Brasília.

    A mudança ocorreu por causa do acampamento montado em frente ao local por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL). Eles não aceitam o resultado das eleições. Entre esses manifestantes, há um grupo que pede uma intervenção militar para impedir a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

    A alteração do local foi acertada com o governador de Brasília, Ibaneis Rocha (MDB), que concedeu o uso do centro de convenções de forma gratuita para o TRE-DF.

    A diplomação é um evento em que a justiça Eleitoral afirma que o candidato foi efetivamente eleito estando apto para tomar posse do cargo. A cerimônia do DF está prevista para acontecer no dia 19 de dezembro. Na mesma data ocorrerá a diplomação do presidente Lula e de seu vice, Geraldo Alckmin (PSB), no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).