Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Eleições 2022

    Eleição em 1º turno depende da lealdade dos votos de Ciro e Tebet, diz professor

    Diretor de Inteligência da Quaest, Guilherme Russo, avalia ser importante analisar o quanto os eleitores dos dois candidatos estão propensos a mudar de opção

    Simone Tebet (MDB) e Ciro Gomes (PDT), candidatos à Presidência da República
    Simone Tebet (MDB) e Ciro Gomes (PDT), candidatos à Presidência da República Divulgação

    Júlia Vieirada CNN

    em São Paulo

    O professor da FGV e diretor de Inteligência da Quaest, Guilherme Russo, explicou, durante participação no Arena Eleições desta quarta-feira (28), que para prever se haverá uma decisão da eleição presidencial em primeiro turno é necessário observar a lealdade dos eleitores de Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MDB) nas últimas pesquisas.

    “Uma das perguntas que a gente faz na pesquisa Genial/Quaest é ‘o quanto seu voto está definido ou quanto ele pode mudar?’. Isso é fundamental. Ao longo do tempo, cada vez mais eleitores estão com voto definido. Isso é muito importante. E mais importante ainda nessa discussão se pode ter vitória em primeiro turno é como estão os eleitores de Ciro Gomes e Simone Tebet”, inicia Russo.

    “Por quê? Se a pessoa diz ‘olha, na verdade, não vou mudar mais’, a gente sabe que o ex-presidente Lula não deve subir mais, mas, se tiver mais gente podendo mudar de voto, existe a possibilidade [de decisão em primeiro turno]”, acrescenta o professor.

    Assista à análise completa: