Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ex-funcionária de Zambelli confirma áudio para Delgatti, mas nega que contratação era para invadir sistema do CNJ

    Comunicadora afirma não ser assessora da parlamentar e que contato com o hacker era para que ele realizasse melhorias no site da deputada durante as eleições do ano passado

    Larissa Rodriguesda CNN Brasília

    O áudio entregue pelo hacker Walter Delgatti Neto que revela negociações para pagamento por serviços realizados à deputada Carla Zambelli (PL-SP) é verdadeiro.

    A CNN conversou com uma comunicadora, ex-funcionária da parlamentar, que preferiu não ter o nome revelado, mas confirma ser a autora da mensagem de voz.

    O arquivo de áudio foi entregue por Delgatti e sua defesa à Polícia Federal nesta semana.

    VÍDEO – Ouça: Em áudio, mulher fala em pagamento para hacker Walter Delgatti

    Segundo a mulher, a mensagem foi encaminhada a Delgatti ainda no ano passado, mas foi tirada de contexto.

    A ex-funcionária de Zambelli afirma ainda que as negociações financeiras entre ela e Delgatti não tinham relação com a invasão ao sistema do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nem com as denúncias de tentativa de grampear o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

    “Cumpre deixar claro que o áudio não revela qualquer ilicitude, absolutamente nada que não seja pertinente à proposta de prestação de serviços que Walter enviou para atuação específica no site da deputada, sendo mentirosas quaisquer outras afirmações e ilações em contrário”, diz a mulher.

    A comunicadora afirma ainda apenas ter “colaborado” com a campanha eleitoral da deputada em 2022 e não atuar ano momento enquanto assessora de Zambelli.

    A gravação, tem sido usada pela defesa de Walter Delgatti numa tentativa de comprovar que o hacker foi recrutado pela deputada para participar de um plano que tinha com intuito gerar dúvidas sobre a confiabilidade das urnas eletrônicas.

    Na mensagem, de poucos segundos, a mulher promete fazer uma ligação a Delgatti para combinar detalhes de um pagamento por serviços prestados.

    “Oi, Walter. Só para te dar um alô e dizer que hoje à tarde ainda eu te ligo pra gente trocar ideia sobre o pagamento e sobre essa tua proposta, tá? A gente tá no corre da campanha, aqui na rua e tal, e acontece que às vezes não dá tempo de eu te ligar, tá bom? Mas à tarde eu pretendo fazer isso pra gente conversar um pouquinho mais, tá bom? Obrigada, um abraço”, traz o áudio.

    VÍDEO – Delgatti à CPMI: Senha mais segura do CNJ era “CNJ123”