Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Alckmin anuncia ex-ministros Mantega no Planejamento e Paulo Bernardo na Comunicação

    Anielle Franco, irmã de Marielle Franco, integrará o grupo técnico "Mulheres"; outros cinco grupos técnicos foram anunciados

    Rudá MoreiraMarcelo TuvucaTiago Tortellada CNN

    em Brasília e São Paulo

    Os ex-ministros de gestões petistas Guido Mantega e Paulo Bernardo foram anunciados como integrantes do gabinete de transição para o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No total, foram divulgados 36 novos nomes, de sete áreas temáticas. Mantega fará parte do grupo responsável pelas áreas de Planejamento, Orçamento e Gestão. Já Bernardo, integrará o grupo da pasta de Comunicação. Os demais grupos anunciados foram: Indústria, Comércio Exterior e Serviços; Direitos Humanos; Igualdade Racial, e Mulheres.

    O anúncio foi feito nesta quinta-feira (10) no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) – sede do gabinete de transição – pelo vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB), que coordena a equipe. Além do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, também fazem parte do grupo da transição na área de Planejamento, Orçamento e Gestão o deputado federal Enio Verri (PT-PR), Antonio Corrêa Lacerda, presidente do Conselho Federal Economia, e a economista e professora Esther Duek.

    No grupo de Comunicação, além de Paulo Bernardo – ex-ministro das Comunicações – estão o ex-deputado Jorge Bittar, Cesar Álvarez, ex-secretário-executivo do Ministério das Comunicações, e Alessandra Orofino, especialista em economia e direitos humanos.

    Outro grupo anunciado por Alckmin nesta quinta (10) é o de Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Fazem parte do grupo o ex-governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, o deputado federal Marcelo Ramos (PSD-AM), o diretor nacional do Senai, Rafael Lucchesi, e o executivo da Embraer, Jackson Schneider
    Já para cuidar de Pequenas Empresas, o grupo inclui André Ceciliano, presidente da Assembleia Legislativa do RJ, Paulo Okamoto, ex-presidente do Sebrae, Tatiana Conceição Valente, especialista em Economia Solidária, e Paulo Feldman, professor da USP.

    No grupo que coordena a área de Direitos Humanos estão a deputada federal (PT-RS) Maria do Rosário, além de Maria Vitória Benevides; Silvio Almeida, advogado; Luis Alberto Melchetti, doutor em Economia; Janaína Barbosa de Oliveira, movimento LGBTQIA+; Rubens Linhares Mendonça Lopes, da setorial do PT para Pessoa com Deficiência; e Emídio de Souza, deputado estadual (PT-SP).

    Para a área de Igualdade Racial, foram nomeados Nilma Mino Gomes, ex-ministra das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos; Givania Maria Silva, quilombola e doutora em Sociologia; Douglas Belchior; Thiago Tobias, advogado coalizão negra; Ieda Leal; Martvs das Chagas, secretário de Planejamento de Juiz de Fora (MG); e Preta Ferreira, do movimento negro e moradia.

    Já a área de Mulheres, estão Anielle Franco, irmã de Marielle Franco; Roseli Faria, economista; Roberta Eugênio, mestre em Direito; Maria Helena Guarezi, professora; Eleonora Menecuti, ex-ministra; Aparecida Gonçalves, ex. Sec. Nacional da Violência contra a Mulher.

    Veja abaixo os novos grupos e seus integrantes:

    Comunicação

    • Paulo Bernardo, ex-ministro das Comunicações;
    • Jorge Bittar, ex-deputado federal;
    • Cezar Alvarez, ex-secretário-executivo do Ministério das Comunicações;
    • Alessandra Orofino, especialista em economia e direitos humanos;

    Direitos Humanos

    • Maria do Rosário, deputada federal (PT-RS);
    • Maria Victoria Benevides;
    • Silvio Almeida, advogado;
    • Luiz Alberto Melchert;
    • Janaína Barbosa de Oliveira, movimento LGBTQIA+;
    • Rubens Linhares Mendonça Lopes, pasta pessoa com deficiência do PT;
    • Emídio de Souza, deputado estadual (PT-SP)

    Igualdade Racial

    • Nilma Mino Gomes, ex-ministra das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos;
    • Givania Maria Silva, quilombola;
    • Douglas Belchior;
    • Thiago Tobias, advogado Coalizão Negra;
    • Ieda Leal;
    • Martvs das Chagas, secretário do Planejamento do Território e Participação Popular de Juiz de Fora (MG);
    • Preta Ferreira, movimento negro e moradia em São Paulo;

    Planejamento, orçamento e gestão

    • Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda;
    • Enio Verri, deputado federal (PT-PR);
    • Esther Duek, economista e professora da UFRJ;
    • Antonio Correia Lacerda, presidente do Conselho Federal Economia

    Indústria, Comércio, Serviços e Pequenas Empresas

    • Germano Rigotto (MDB), ex-governador do Rio Grande do Sul;
    • Jackson Schneider, executivo da Embraer e ex-presidente da Anfavea;
    • Rafael Lucchesi, diretor no Senai;
    • Marcelo Ramos, deputado federal (PSD-AM);
    • André Ceciliano, deputado estadual (PT-RJ);
    • Paulo Okamoto, diretor do Instituto Lula e ex-presidente do Sebrae;
    • Tatiana Conceição Valente, especialista em economia solidária;
    • Paulo Feldman, professor da USP

    Mulheres

    • Anielle Franco
    • Roseli Faria, economista;
    • Roberta Eugênio, mestre em Direito;
    • Maria Helena Guarezi, professora;
    • Eleonora Menicucci, ex-ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres;
    • Aparecida Gonçalves; ex-secretária nacional da Violência Contra Mulher