Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Governo eleito quer apresentar texto definitivo da PEC do Estouro até terça, afirma coordenador de orçamento

    Minuta do texto não define valor, mas abre gastos que podem ultrapassar a casa dos R$ 200 bilhões, o que inclui retirada do Auxílio Brasil de R$ 600 do teto fiscal

    Basília Rodrigues

    O coordenador de orçamento do governo eleito, Welington Dias, afirmou à CNN que “no máximo até terça-feira” haverá a apresentação do texto definitivo da PEC do Estouro.

    A minuta do texto não define valor, mas abre gastos que podem ultrapassar a casa dos R$ 200 bilhões, o que inclui retirada do Auxílio Brasil de R$ 600 do teto fiscal.

    Parlamentares do centrão querem incluir itens na proposta, como o desbloqueio de emendas de relator.

    A versão final do texto será apresentada somente após o aval do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que estará de volta ao Brasil nesta semana. “Com a volta do Lula ao Brasil, aliado ao coordenador e vice presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB), ele deve apresentar atualização sobre o andamento da transição. Estarei com ele, atualizando sobre PEC do Bolsa Família”, afirmou Dias, à CNN.

    Para o senador eleito, a volta ao país também do presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), “permitirá a coleta de assinatura em texto definitivo da PEC”. “Nesta segunda, no máximo terça-feira, teremos coleta de assinaturas e será dada entrada para apreciação da CCJ do Senado Federal”, disse.

    Na quarta-feira, há reunião do Conselho Político marcada.