Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Hacker Delgatti presta depoimento à CPI da Câmara Legislativa do DF nesta quinta-feira (14)

    Ele será ouvido por videoconferência, direto da prisão, em Araraquara (SP)

    Lucas OliverElijonas Maiada CNN

    Brasília

    A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do 8 de janeiro da Câmara Legislativa do Distrito Federal deve ouvir, nesta quinta-feira (14), o depoimento do hacker Walter Delgatti Neto, que ficou conhecido por ter invadido celulares de autoridades envolvidas na Operação Lava Jato.

    A audiência será por videoconferência após problemas na logística para levar o hacker de São Paulo para Brasília. Ele está preso em Araraquara, no interior paulista, e havia manifestado o desejo de contar sua versão dos fatos na oitiva.

    Pelo envolvimento com Bolsonaro, o hacker prestou depoimento em agosto à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que investiga os ataques golpistas praticados em Brasília no dia 8 de janeiro.

    Delgatti voltou a ser investigado pela suspeita de que foi pago por aliados de Bolsonaro para forjar ataques contra a Justiça Eleitoral e para inserir um falso mandado de prisão contra o ministro Alexandre de Moraes, do STF, no sistema do Conselho Nacional de Justiça.

    O hacker já tinha sido preso na Operação Spoofing e voltou a ser preso na investigação sobre a invasão e a adulteração de dados do CNJ.