Ibope SP: Covas lidera com 32%; Boulos, Russomanno e França dividem 2º lugar

Candidatos do PSOL, Republicanos e PSB estão empatados tecnicamente com 13%, 12% e 10%, respectivamente

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia


 

O candidato do PSDB, Bruno Covas, lidera a corrida pela Prefeitura de São Paulo, segundo pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (9). Covas tem 32% das intenções de voto, de acordo com o levantamento.

CNN nas eleições:
Acompanhe aqui a apuração na sua cidade

Três candidatos estão tecnicamente empatados em segundo lugar. Guilherme Boulos (PSOL), com 13%; Celso Russomanno (Republicanos), com 12%; e Márcio França (PSB), com 10%. A margem de erro é de 3 pontos, para mais ou para menos. 

Bruno Covas (PSDB) – 32%
Guilherme Boulos (PSOL) – 13%
Celso Russomanno (Republicanos) – 12%
Márcio França (PSB) – 10%
Jilmar Tatto (PT) – 6%
Arthur do Val – Mamãe Falei (Patriota) – 5%
Joice Hasselmann (PSL) – 2%
Andrea Matarazzo (PSD) – 1%
Levy Fidélix (PRTB) – 1%
Orlando Silva (PCdoB) – 1%

Menos de 1%: Antonio Carlos (PCO), Marina Helou (Rede) e Vera Lúcia (PSTU)

Brancos e nulos – 11%
Não sabem ou não responderam – 5%

O nível de confiança é de 95%. Isso significa que se a pesquisa for feita 100 vezes, há a probabilidade de que os resultados sejam os mesmos em 95 destas, considerada a margem de erro. A pesquisa ouviu 1.204 eleitores, entre os dias 7 e 9 de novembro. 

O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral sob a identificação SP-07164/2020. Os contratantes são o jornal O Estado de S.Paulo e a TV Globo.

Assista e leia também:

Ibope RJ: Paes, 33%; Crivella, 15%; Martha Rocha, 14%; Benedita da Silva, 9%
Quem são os candidatos a prefeito de São Paulo nas eleições de 2020?

Bruno Covas
O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), discursa após ser confirmado para concorrer à reeleição pelo PSDB
Foto: Reprodução/Zoom PSDBSP

Oscilação

O último levantamento do instituto Ibope havia sido feito no dia 30 de outubro. 

De lá para cá, o candidato Bruno Covas (PSDB) cresceu, de 26% para 32%; Guilherme Boulos (PSOL) se manteve em 13%; Celso Russomanno (Republicanos) caiu 20% para 12%; Márcio França (PSB) oscilou negativamente de 11% para 10%.

Na sequência, Jilmar Tatto (PT) se manteve com 6%; e Arthur do Val – Mamãe Falei (Patriota) oscilou positivamente de 3% para 5%. Os demais candidatos se mantiveram com os percentuais da última pesquisa. Brancos e nulos oscilaram de 10% para 11% e os indecisos se mantiveram em 5%.

Segundo turno

O Ibope questionou os eleitores sobre seis diferentes cenários de segundo turno, envolvendo os quatro candidatos que estão nas primeiras posições da pesquisa. Os resultados foram os seguintes:

Bruno Covas (PSDB) – 52%
Guilherme Boulos (PSOL) – 24%

Branco/nulo: 16%
Não sabem: 8%

Bruno Covas (PSDB) – 54%
Celso Russomanno (Republicanos) – 22%
Branco/nulo: 18%
Não sabem: 8%

Bruno Covas (PSDB) – 47%
Márcio França (PSB) – 30%
Branco/nulo: 15%
Não sabem: 8%

Celso Russomanno (Republicanos) – 36%
Guilherme Boulos (PSOL) – 32%
Branco/nulo: 24%
Não sabem: 8%

Márcio França (PSB) – 45%
Guilherme Boulos (PSOL) – 24%
Brancos e nulos: 21%
Não sabem: 9%

Márcio França (PSB) – 45%
Celso Russomanno (Republicanos) – 27%
Branco/nulo: 19%
Não sabem: 9%

Rejeição

O Ibope perguntou aos entrevistados em qual ou quais candidatos eles não votariam de jeito nenhum. Estes são os resultados:

Celso Russomanno (Republicanos) – 41%
Guilherme Boulos (PSOL) – 25%

Joice Hasselmann (PSL) – 25%
Levy Fidélix (PRTB) – 21%
Jilmar Tatto (PT) – 20%
Bruno Covas (PSDB) – 17%
Arthur do Val – Mamãe Falei (Patriota) – 16%
Vera Lúcia (PSTU) – 15%
Orlando Silva (PCdoB) – 14%
Andrea Matarazzo (PSD) – 12%
Antonio Carlos (PCO) – 11%
Márcio França (PSB) – 11%
Marina Helou (Rede) – 11%

Poderia votar em todos: 2%
Não sabem ou não responderam: 13%

Mais Recentes da CNN