Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Indicado por Lula ao STF, Dino diz que dialogará em busca de apoio do Senado

    Nome do ministro da Justiça e Segurança Pública foi confirmado na tarde desta segunda-feira (27)

    Gabriela PradoRenata Souzada CNN em São Paulo

    Em suas redes sociais, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, agradeceu a indicação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e afirmou que irá dialogar pelo apoio do Senado.

    “O presidente Lula me honra imensamente com a indicação para Ministro do STF. Agradeço mais essa prova de reconhecimento profissional e confiança na minha dedicação à nossa Nação. Doravante irei dialogar em busca do honroso apoio dos colegas senadores e senadoras. Sou grato pelas orações e pelas manifestações de carinho e solidariedade”, publicou.

    A indicação aconteceu na tarde desta segunda-feira (27). Dino ocupará a vaga que estava aberta após a aposentadoria da ministra Rosa Weber, em setembro.

    Agora, o nome do ministro precisa ser aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e, posteriormente, pelo plenário da Casa. Ainda não há data para a análise.

    “Tranquilo”, diz ministro ao ser questionado sobre indicação

    Logo após deixar o encontro com Lula, Flávio Dino disse, ao ser questionado pela CNN, que está “tranquilo” com a indicação à vaga de Rosa Weber ao Supremo Tribunal Federal (STF) .

    Dino saiu da reunião que indicou o nome dele à Suprema Corte e foi direto para uma agenda com a ministra de Gestão e Inovação, Esther Dweck.

    O encontro, marcado para as 13h30, desta segunda-feira (27), atrasou quase uma hora por causa da reunião de Dino com o presidente Lula e ministros.