Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Justiça Federal envia inquérito de joias sauditas ao STF

    Pedido de transferência foi feito pelo Ministério Público Federal; autoridades investigam suposto esquema de desvio e venda de presentes diplomáticos

    O ex-presidente Jair Bolsonaro desembarca no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro
    O ex-presidente Jair Bolsonaro desembarca no aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro Foto:Tânia Rêgo/Agência Brasil

    da Agência Estado

    Rayssa Motta, do Estadão Conteúdo

    O inquérito sobre as joias sauditas recebidas pela comitiva do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e retidas no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, vai passar a tramitar no Supremo Tribunal Federal (STF).

    O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo pediu a transferência da investigação na última sexta-feira (11), quando a Polícia Federal (PF) fez buscas em endereços ligados a auxiliares do ex-presidente na Operação Lucas 12:2.

    Veja também — Análise: O impacto para Bolsonaro do escândalo de venda de joias

    O pedido foi aceito nesta terça-feira (15), pela Justiça Federal em Guarulhos, que determinou a transferência dos autos.

    A ação da PF trouxe a público suspeitas sobre um esquema de desvio e venda de presentes diplomáticos no governo Bolsonaro.

    O MPF alegou que a apreensão das joias doadas pelo regime saudita ao ex-presidente tem conexão com a investigação mais ampla a cargo da PF em Brasília.