Lira define prioridades: orçamento, PEC emergencial e reformas econômicas

Novo presidente da Câmara criticou o antecessor Rodrigo Maia e defendeu decisão de anular bloco do adversário Baleia Rossi (MDB-SP)

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

 

Em entrevista exclusiva à CNN após ser eleito presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) elencou quatro prioridades para serem alinhadas entre ele e o novo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para votação nos próximos meses.

Lira, que discursou pregando uma “pauta emergencial” para mitigar os efeitos da Covid-19, afirmou que defende que seja tocada a aprovação do orçamento de 2021, a chamada “PEC Emergencial” (que prevê medidas para redução emergencial de gastos), a reforma administrativa e a reforma tributária.

Arthur Lira foi entrevistado pela colunista da CNN Thaís Arbex e pelos âncoras Daniela Lima e Márcio Gomes.

O novo presidente da Câmara afirmou que nos primeiros dias do seu mandato pretende aprovar medidas que viabilizem o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e do teto dos gastos públicos. “Neste ano, não temos orçamento de guerra”, afirmou.

Apesar da preocupação com as contas públicas, Arthur Lira afirmou que trabalhará pela criação de um “novo programa social”. Ele elogiou o auxílio emergencial, “mas o Brasil não aguenta o pagamento de milhões de pessoas com aquele valor”.

O deputado do PP defendeu a busca por “vacinas e insumos” para imunizar todos os brasileiros “no menor tempo possível”.

Publicado por Guilherme Venaglia

Mais Recentes da CNN