Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula diz a ministros que tem “vontade” de escolher uma mulher para a pasta da Justiça

    Intenção, segundo apurou a CNN, foi interpretada dentro do governo como medida compensatória pela não indicação de outra mulher para o lugar de Rosa Weber, que deixou a Suprema Corte em setembro

    Basília Rodriguesda CNN

    em Brasília

    O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem dito a ministros do Planalto que pode indicar uma mulher para a pasta da Justiça, caso o nome de Flávio Dino para a vaga aberta no Supremo Tribunal Federal (STF) seja aprovado pelo Senado.

    A indicação de Dino foi formalizada na segunda-feira. No mesmo dia, em conversa com os ministros Alexandre Padilha (Relações Institucionais) e Paulo Pimenta (Secretaria de Comunicação), Lula externou que está com “vontade” de escolher uma mulher.

    A intenção, segundo apurou a CNN, foi interpretada dentro do governo como medida compensatória pela não indicação de outra mulher para o lugar de Rosa Weber, que deixou a Suprema Corte em setembro.

    Entre as cotadas para o lugar de Flávio Dino, aparecem a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e a ministra do Planejamento, Simone Tebet.

    Apesar da pressão de aliados, entre eles integrantes do PT, o governo não está decidido a desmembrar a pasta em duas, uma de Justiça e outra Segurança Pública.

    Lula tem sido aconselhado a não mexer porque uma pasta somente para cuidar das polícias poderia resultar em pressão corporativa em cima do governo.

    Veja também – Dino traça estratégia para análise de indicação ao STF