Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula diz que ninguém entrará no Palácio do Planalto sem vacina

    Em balanço dos 100 dias de governo nesta segunda-feira (10), o presidente afirmou que fará acordo com a ministra da Saúde para proibir o acesso de trabalhadores que não se vacinaram

    Presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) faz balanço dos 100 dias de governo em cerimônia em Brasília.
    Presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) faz balanço dos 100 dias de governo em cerimônia em Brasília. Reprodução/CNN

    Da CNN

    Em reunião com ministros sobre os 100 dias de governo, em Brasília, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que fará acordo com a ministra da Saúde, Nísia Trindade, para proibir o acesso ao Palácio do Planalto de trabalhadores que não se vacinarem.

    “Isso vale, inclusive, para as audiências que eu vou dar, exigir cartão de vacina para pessoas aprenderem a, se não se respeitar, respeitar os outros. A pessoa pode até ter o direito de querer ficar doente, mas não o de transmitir sua doença para outras pessoas, por isso vou tomar essa decisão”, afirmou o presidente.

    Lula irá viajar à China na terça-feira (11) para encontrar Xi Jinping, após adiar o compromisso por conta de sintomas de pneumonia.

    “Hoje vou fazer exame de Covid, lá na China vou ter que fazer outra vez, quando for encontrar com Xi tem que fazer outra vez. Eles estão corretos! Eles têm que cuidar da população como temos que cuidar dos nossos”, disse o petista.

    O atual governo busca reestabelecer o elo com a China, o maior parceiro comercial do Brasil, após a relação conturbada entre os dois países durante a gestão de Jair Bolsonaro (PL).

    (Publicado por Gustavo Zanfer)