Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    COP27

    COP27: Lula terá encontro com governadores da Amazônia e fala na área da ONU

    O presidente eleito viaja nesta semana para o Egito, onde participará da segunda semana da COP 27

    Luiz Inácio Lula da Silva, presidente eleito
    Luiz Inácio Lula da Silva, presidente eleito Fátima Meira/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Da CNN

    O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participa nesta semana da Cúpula do Clima das Nações Unidas (COP 27) no Egito. A agenda dele na conferência inclui encontro com governadores da Amazônia, pronunciamento na área da ONU, além de reuniões com chefes de Estado.

    Na quarta-feira, 16, Lula participa, às 11 horas (6 horas no fuso de Brasília) do evento “Carta da Amazônia – uma agenda comum para a transição climática”, junto com os governadores Waldez Góes (PDT-AP) Gladson Cameli (PP-AC), Mauro Mendes (União-MT), Helder Barbalho (MDB-PA), Wanderlei Barbosa (Republicanos-TO), e Marcos Rocha (União-RO).

    Às 17h15 (12h15 no fuso de Brasília) de quarta, Lula faz pronunciamento na área das Nações Unidas (zona azul). Na quinta-feira, 17, às 10 horas (5h em Brasília), Lula se encontra com representantes da sociedade civil brasileira no pavilhão Brazil Hub, e, às 15 horas (10h em Brasília), com o Fórum Internacional dos Povos Indígenas/Fórum dos Povos sobre Mudança Climática.

    Ainda segundo informações da âncora CNN Daniela Lima, trazidas na última sexta-feira (11), Lula também terá reuniões, ainda na COP, com o secretário-geral da ONU, António Guterres, e com o presidente do Egito, Abdul Fatah Khalil Al-Sisi. Ambos sem data definida.

    Após a COP, o petista vai para Portugal, onde tem encontro com os chefes de Estado Marcelo Rebelo, presidente do país, e o primeiro-ministro, António Costa.

    Lula passou por exames em São Paulo

    No último sábado (12), antes de embarcar rumo ao Egito, Lula esteve no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, para avaliação clínica multidisciplinar de rotina. Os exames, segundo o boletim médico, “seguem mostrando completa remissão do tumor (na laringe) diagnosticado em 2011”.

    O exame mostrou, contudo, “alterações inflamatórias decorrentes do esforço vocal e pequena área de leucoplasia na laringe”.

    A leucoplasia é uma mancha ou placa branca na mucosa da corda vocal, geralmente benigna.

    *Publicado por Marcello Sapio, com informações da Agência Estado e Reuters