Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Meta é desmatamento zero na Amazônia e emissão zero de gases, diz Lula ao tomar posse

    Presidente prometeu ainda iniciar uma transição energética e ecológica para uma agropecuária e mineração sustentáveis

    Giordanna NevesEduardo RodriguesSofia AguiarLavínia KauczAmanda Pupodo Estadão Conteúdo

    Em discurso após ser empossado pelo Congresso Nacional neste domingo (1º), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que nenhum outro país tem as condições do Brasil para se tornar potência ambiental. Ele reforçou que é possível manter e ampliar a fronteira agrícola sem recorrer ao desmatamento.

    “Nossa meta é alcançar desmatamento zero na Amazônia e emissão zero de gases do efeito estufa na matriz elétrica, além de estimular o reaproveitamento de pastagens degradadas. O Brasil não precisa desmatar para manter e ampliar sua estratégica fronteira agrícola”, afirmou Lula no Congresso.

    O presidente prometeu ainda iniciar uma transição energética e ecológica para uma agropecuária e mineração sustentáveis, além de garantir uma agricultura familiar forte e uma indústria mais verde.

    “Nenhum outro país tem as condições do Brasil para se tornar uma grande potência ambiental. Vamos iniciar a transição energética e ecológica para uma agropecuária e uma mineração sustentáveis, uma agricultura familiar mais forte, uma indústria mais verde.”

    O desafio caberá à ministra do Meio Ambiente, a ex-senadora Marina Silva, que voltará ao comando da pasta 20 anos de ter assumir este mesmo ministério pela primeira vez.

    (Com informações da CNN)