Para Mourão, proposta de ‘quarentena eleitoral’ para juízes não prospera

'Tipo de coisa que está colocada em discussão, mas que não prospera na minha visão', disse o vice-presidente

Ouvir notícia

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) comentou em entrevista à imprensa nesta quinta-feira (30) a declaração do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, em defesa de uma “quarentena” de oito anos para juízes e membros do Ministério Público que queiram disputar cargos eletivos.

“Tipo de coisa que está colocada em discussão, mas que não prospera na minha visão”, disse o vice-presidente. “Senão, você está transformado o magistrado em um cidadão sem direitos políticos.”

Leia e assista também:
Toffoli defende ‘quarentena’ de oito anos para juízes poderem disputar eleições
O Grande Debate: Juízes devem ter quarentena antes de disputar eleições?
Declaração de Toffoli destrava debate sobre quarentena eleitoral na Câmara

“Acho que isso tem muita coisa a ver com o papel que teve o doutor Sergio Moro. Todo mundo fala que ele seria um candidato viável para 2022”, afirmou.

Nesta quarta (29), Toffoli afirmou que o período de inelegibilidade de oito anos serviria para evitar a “utilização da magistratura e do poder imparcial do juiz para fazer demagogia, aparecer para a opinião pública e se fazer candidato”.

(Edição: Leandro Nomura)

Mais Recentes da CNN