Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PL busca nome moderado para disputa à prefeitura de São Paulo

    Partido não exclui apoio à reeleição do atual prefeito, mas busca alternativa que considera ter maior viabilidade eleitoral

    Presidente do PL, Valdemar Costa Neto
    Presidente do PL, Valdemar Costa Neto Valter Campanato/Agência Brasil

    Gustavo Uribe

    O PL, de Jair Bolsonaro, busca um nome de perfil moderado para a disputa à prefeitura de São Paulo em 2024.

    A avaliação da cúpula do partido, baseada em pesquisas internas, é de que o lançamento de um nome mais afinado com o bolsonarismo teria pouca viabilidade na disputa eleitoral.

    Em 2022, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceu Jair Bolsonaro na capital paulista. Além disso, nomes de direita com perfil moderado tiveram mais êxito, como o governador Tarcísio de Freitas e o senador Marcos Pontes.

    O presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, no entanto, tem afirmado em conversas reservadas que não tem pressa para definir a escolha.

    O dirigente do partido não exclui um eventual apoio à reeleição do prefeito Ricardo Nunes, do MDB, mas defende apoio a um nome que poderia ter maior viabilidade eleitoral contra uma candidatura de Guilherme Boulos, do PSOL.

    Segundo levantamento da Paraná Pesquisas, hoje 60% da população paulistana não sabe o nome do atual prefeito de São Paulo. Nunes assumiu após a morte de Bruno Covas, em 2021.

    Hoje, o deputado federal Ricardo Salles, do PL, é pré-candidato à sucessão municipal. O nome dele, no entanto, enfrenta resistência na cúpula do partido por seu perfil ser considerado mais radical.

    Na sigla, são citados como nomes ideais o ex-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) Paulo Skaf, do Republicanos, e o apresentador José Luiz Datena, do PSC. Os dois, no entanto, resistem a uma eventual candidatura.