Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    RealTime Big Data: Edmilson Rodrigues lidera com 37% em Belém

    Foram entrevistadas 1.200 pessoas, por telefone, entre os dias 29 e 31 de outubro; a margem de erro é de 3 pontos percentuais

    Luiz Fernando Toledo e Vital Neto, da CNN

    Pesquisa do instituto RealTime Big Data/CNN Brasil aponta que o candidato Edmilson Rodrigues (PSOL) lidera as intenções de voto à Prefeitura de Belém (PA), com 37%. 

    Ele é seguido por Priante (MDB), com 19%;  Thiago Araujo (Cidadania), com 7%; Vavá Martins (Republicanos), também com 7%, e Delegado Federal Eguchi (Patriota), com 6%.

    Na sequência aparecem Gustavo Sefer (PSD), com 3%; Mário Couto (PRTB), também com 3%; Cássio Andrade (PSB), com 2% e Cleber Rabelo (PSTU) e Guilherme Lessa (PTC), com 1% cada um.

    Os candidatos Jair Lopes (PCO) e Dr Jerônimo (PMB) não pontuaram. A pesquisa identificou ainda 8% de nulos e brancos e 6% que não souberam responder. 

    O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número de identificação PA04163/2020. Foram entrevistadas 1.050 pessoas, por telefone, entre os dias 29 e 31 de outubro. 

    A margem de erro é de três pontos (para mais ou para menos) e o nível de confiança é de 95%. Isso significa que se a mesma pesquisa fosse feita 100 vezes, o resultado seria o mesmo, dentro da margem de erro, em 95. 

    A pesquisa, amostral, é representativa da população do município com 16 anos ou mais. Ou seja: os entrevistados seguem um padrão semelhante ao da população total, respeitando-se a proporção por idade, região geográfica e sexo. 

    Edmilson Rodrigues (PSOL) oscilou positivamente três pontos em relação à pesquisa anterior do instituto, feita entre 14 e 17 de outubro, quando tinha 34%. Já Priante (MDB), que tinha 18%, subiu um ponto percentual e agora tem 19%.

    Em seguida estão os candidatos Thiago Araujo (Cidadania), que oscilou de 3% para 7%; Vavá Martins (Republicanos), que cresceu dois pontos e agora tem 7%.

    Delegado Federal Eguchi (Patriota) oscilou de 7% para 6%; Gustavo Sefer (PSD) oscilou de 4% para 3% e Guilherme Lessa (PTC), de 0% para 1%.

    Cinco candidatos não apresentaram variação: Mário Couto (PRTB) manteve 3%; Cássio Andrade (PSB), 2%; Cleber Rabelo (PSTU), 1%. 

    Jair Lopes (PCO) e Dr. Jerônimo (PMB) não pontuaram.

    O percentual de nulos e brancos diminuiu de 12% para 8% e o dos que não souberam responder caiu de 10% para 6%.

     

    Estimulada e variação de pontos percentuais (p.p.) em relação à pesquisa anterior

    Edmilson Rodrigues (PSOL): 37% (+3 p.p.)

    Priante (MDB): 19% (+1 p.p.)

    Thiago Araujo (Cidadania): 7% (+4 p.p.)

    Vavá Martins (Republicanos): 7% (+2 p.p.)

    Delegado Federal Eguchi (Patriota): 6% (-1 p.p.)

    Gustavo Sefer (PSD): 3% (-1 p.p.)

    Mário Couto (PRTB): 3% (sem variação)

    Cássio Andrade (PSB): 2% (sem variação)

    Cleber Rabelo (PSTU): 1% (sem variação)

    Jair Lopes (PCO): 0% (sem variação)

    Guilherme Lessa (PTC): 1% (+1 p.p.)

    Dr Jerônimo (PMB): 0% (sem variação)

    Nulo/branco: 8% (-4 p.p.)

    Não sei: 6% (-5 p.p.)

     

    Edmilson Rodrigues também lidera em pesquisa espontânea

    Edmilson Rodrigues (PSOL) também está no topo da lista na pesquisa espontânea, quando se pergunta o candidato favorito do entrevistado sem apresentar uma lista de opções, com 32%.

    Na sequência da espontânea aparecem Priante (MDB), com 13%; Delegado Federal Eguchi (Patriota), com 5%; Vavá Martins (Republicanos), com 5%; Thiago Araujo (Cidadania), também com 5% e Gustavo Sefer (PSD), com 2%. Outros nomes foram mencionados por 3%, além de 23% de nulo/branco e 29% que não souberam.

    Pesquisa espontânea

    Edmilson Rodrigues (PSOL): 32%

    Priante (MDB): 13%

    Delegado Federal Eguchi (Patriota): 5%

    Thiago Araujo (Cidadania): 5%

    Vavá Martins (Republicanos): 5%

    Gustavo Sefer (PSD): 1%

    Outros: 1%

    Nulo/branco: 13%

    Não sabe: 25%

    Esta é a segunda de uma série de rodadas de pesquisas divulgadas com exclusividade pela CNN em 11 capitais brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Recife, Fortaleza, Curitiba, Belém, Palmas, Goiânia), além das cidades paulistas Campinas e Guarulhos. Juntas, essas cidades concentram 26,9 milhões de eleitores, que correspondem a 18,23% do eleitorado brasileiro.

     

    Rejeição 

    Em relação à rejeição, Edmilson Rodrigues empata tecnicamente, dentro da margem de erro, de três pontos percentuais para mais ou para menos, com o candidato Priante (MDB). 

    Rodrigues tem rejeição de 33% e Priante, 36%. Nesta pergunta os entrevistados poderiam escolher quantas opções quisessem. Veja abaixo a rejeição por candidato (em %):

    Priante: 36% (+6 p.p.)

    Edmilson Rodrigues: 33% (-2 p.p.)

    Vavá Martins: 26% (+8 p.p.)

    Thiago Araújo: 25% (+9 p.p.)

    Mário Couto: 25% (+13 p.p.)

    Delegado Federal Eguchi: 21% (+12 p.p.)

    Gustavo Sefer: 18% (+7 p.p.)

    Jair Lopes: 18% (+9 p.p.)

    Cássio Andrade: 17% (+10 p.p.)

    Guilherme Lessa: 15% (+7 p.p.)

    Dr Jerônimo: 15% (+9 p.p.)

    Cleber Rabelo: 15% (+9 p.p.)

     

    Maioria em Belém aprova governador Helder Barbalho e desaprova o prefeito Zenaldo Coutinho

    A pesquisa também incluiu perguntas sobre aprovação do prefeito Zenaldo Coutinho, do governador Helder Barbalho e do presidente Jair Bolsonaro. Veja os resultados:

     

    Avaliação do presidente Jair Bolsonaro em Belém

    Desaprova: 48%

    Aprova: 46%

    Não sabe: 6%

    Avaliação do governador Helder Barbalho em Belém

    Aprova: 54%

    Desaprova: 40%

    Não sabe: 6%

    Avaliação do prefeito Zenaldo Coutinho

    Desaprova: 80%

    Aprova: 15%

    Não sabe: 5%