Responsabilidade de Tebet aumenta com desistência de Doria, diz presidente do PSDB

Bruno Araújo fala em “construção” de candidatura, mas não confirma senadora como o nome da terceira via para o Planalto

CNN/ Divulgação

Da CNN

Ouvir notícia

O presidente do PSDB, Bruno Araújo, afirmou que a responsabilidade da pré-candidata Simone Tebet (MDB) aumenta com o anúncio da desistência de João Doria (PSDB) ao Palácio do Planalto, nesta segunda-feira (23).

Presente ao pronunciamento do ex-governador em São Paulo, Araújo evitou confirmar a senadora como o nome da aliança entre PSDB, MDB e Cidadania para a Presidência e falou em “construção” de um compromisso conjunto entre os partidos.

Questionado sobre Tebet trazer “força” ao bloco, Araújo disse que “o nome de Simone já fazia parte do bloco”. “Agora, a responsabilidade de Simone Tebet aumenta, no momento que João Doria faz uma entrega, um movimento tão relevante como esse”, disse o presidente do PSDB. Segundo ele, o partido inicia, agora, “uma nova etapa” no diálogo com o MDB e Cidadania envolvendo a construção de um programa de governo e o fortalecimento de palanques regionais.

“Nós temos um entendimento de diálogo com Cidadania e com MDB. Vamos dar um passo à frente agora. Não é só definir o nome – e o nome de Simone é o nome posto nessa construção -, mas agora precisamos construir um projeto de compromisso de programa com o Brasil”, disse Araújo.

O primeiro passo é a construção de compromisso. A ideia é que, com tudo isso consolidado, a candidata, e se for a Simone que represente isso, possa receber do PSDB, das mãos do governador João Doria, um compromisso com esse programa e com esse propósito que é importante para o desenvolvimento do país: redução de desigualdade social, desigualdades regionais e geração de emprego”, completou.

Doria sempre foi aliado, diz Tebet

A senadora Simone Tebet divulgou uma nota logo após o anúncio de Doria afirmando que o tucano “nunca foi adversário” e “sempre foi aliado”. “Sua contribuição com a luta pela vacina jamais será esquecida. Vamos conversar e receber suas sugestões para nosso programa de governo”, declarou.

“O Brasil é maior do que qualquer projeto individual. Vamos trabalhar para unir todo o centro democrático. Gostaria muito de ter o PSDB e o Cidadania junto conosco. Vamos aguardar a decisão das direções partidárias. Vamos continuar nossa caminhada da esperança”, afirmou Tebet na nota.

Debate

CNN realizará o primeiro debate presidencial de 2022. O confronto entre os candidatos será transmitido ao vivo em 6 de agosto, pela TV e por nossas plataformas digitais.

*Publicado por Marcelo Tuvuca

Mais Recentes da CNN