Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Sergio Moro: Quem é o ministro próximo a Moraes que vai relatar processo de cassação no TSE

    O advogado Floriano Azevedo Marques será o relator do processo de cassação do senador

    Ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Floriano de Azevedo Marques
    Ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Floriano de Azevedo Marques Alejandro Zambrana/Secom/TSE

    Pedro Venceslauda CNN

    São Paulo

    Escolhido ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em maio do ano passado com o apoio de Alexandre de Moraes, o advogado Floriano Azevedo Marques será o relator do processo de cassação do senador Sergio Moro (União-PR).

    A notícia foi antecipada pela colunista Bela Megale, do jornal “O Globo”, e confirmada pela CNN.

    Apesar da ligação com Moraes, a CNN apurou que a defesa de Moro considera o relator um nome “técnico”.

    Floriano e Moraes são amigos desde os tempos de estudante da Faculdade de Direito da USP nos anos 1980.

    Advogados com trânsito no TSE dizem que Alexandre de Moraes teria defendido o nome de Floriano e de André Ramos Tavares na lista quádrupla apresentada a Lula.

    As duas vagas na Corte eleitoral foram abertas com a saída dos ministros Sérgio Banhos e Carlos Horbach, em 17 e 18 de maio, respectivamente. Eles integravam as vagas destinadas aos juristas.

    Segundo a assessoria do TSE, a escolha de Floriano Azevedo para relatar a ação não é casual. Como o ministro já foi o relator de um primeiro recurso enviado ao TSE com origem no Paraná, mesmo estado onde corre o processo de Moro, o Código Eleitoral estabelece que ele assuma o processo.

    Floriano também vai relatar o caso do senador Jorge Seif no TSE.