Três cidades do RJ elegerão novos prefeitos em 12 de setembro

Decisão foi anunciada pelo TRE-RJ, em obediência a uma determinação do TSE

Urna eletrônica
Urna eletrônica Foto: Reprodução - 29.nov.2020 / CNN

Stéfano Salles, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

 Três dos 92 municípios do Rio de Janeiro vão eleger novos prefeitos e vice-prefeitos no dia 12 de setembro (domingo). A decisão foi anunciada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ), e segue uma recomendação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O pleito será realizado m Itatiaia, no Sul Fluminense, Santa Maria Madalena, na Região Serrana, e em Silva Jardim, na Região dos Lagos. 

As eleições suplementares serão realizadas porque o TSE indeferiu os registros dos candidatos que obtiveram a maioria dos votos no pleito de 2020 em Itatiaia e em Santa Maria Madalena.

Em Silva Jardim, o problema foi outro: o tribunal encontrou irregularidades em um documento de um partido que integrava a chapa mais votada. Nos três casos, os vencedores não foram diplomados. 

De acordo com o TRE-RJ, assim como em 2020, não haverá identificação biométrica do eleitor, para evitar riscos de transmissão do novo coronavírus. O uso de máscaras de proteção facial será obrigatório nas sessões eleitorais, e a propaganda eleitoral será liberada a partir do dia sete de agosto. 

Os mandatos dos vencedores serão válidos até o dia 31 de dezembro de 2024, mesma data prevista na eleição de 2020. Nas três cidades, os habitantes esperavam há meses por uma data para a realização do pleito.

Ele havia sido marcado para fevereiro em Itatiaia e Santa Maria Madalena, mas foi adiado devido ao agravamento da pandemia. Em Silva Jardim, a decisão que determinou que uma nova votação seja realizada é de maio. 

As três cidades são pequenas e não têm 200 mil eleitores. Desta forma, não haverá realização de segundo turno em nenhuma delas. A chapa vencedora será aquela que obtiver o maior número de votos válidos, independentemente do percentual de votos por ele alcançado.

Mais Recentes da CNN