Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Waack: Novo PAC lembra enredo já conhecido

    Programa de Aceleração do Crescimento tem intenção de criar empregos, renda, estimular o consumo e impulsionar o crescimento econômico

    06/10/2020REUTERS/Amanda Perobelli

    William Waackda CNN

    São Paulo

    O governo está anunciando com alarde um filme que já assistimos sob o mesmo título. Trata-se do relançamento do PAC — Programa de Aceleração do Crescimento.

    Chegou-se até a considerar a possibilidade de escolher um novo nome para a mesma trama. No entanto, parece que a equipe de marketing julgou mais apropriado recorrer à marca já conhecida.

    Essa marca tem origem em administrações anteriores do Partido dos Trabalhadores (PT).

    Consiste em uma extensa lista de projetos abrangendo diversos setores e regiões, com impactos variados. A intenção é criar empregos, renda, estimular o consumo e impulsionar o crescimento econômico.

    Não chega a ser um programa rígido, com metas claramente definidas, dada a diversidade dos projetos… Embora o governo mencione a existência de uma forma de coordenação central a cargo da Casa Civil.

    De maneira semelhante ao enredo do filme original, o PAC atual menciona cifras impressionantes. Tudo isso em um contexto em que o poder público de fato perdeu sua capacidade de investimento e agora depende de um setor privado preocupado com questões fiscais e um ambiente de negócios desfavorável.

    Além disso, vem à memória o final do governo de Dilma Rousseff, envolvido em uma crise econômica da qual o país ainda não se recuperou completamente.

    Hollywood está aí para comprovar que refazer um filme pode ser um grande sucesso. No entanto, em um remake, geralmente há mudanças no enredo.